CENADI – INSUMOS

A Cenadi (Central Nacional de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos) distribui os seguintes insumos estratégicos:

VACINA MENINGOCÓCICA CONJUGADA GRUPO C
A vacina Conjugada Meningocócica é utilizada para prevenir as doenças provocadas pela bactéria Neisseria meningitidis do sorogrupo C, causadora da Meningite C.

IMUNOGLOBULINA HUMANA ANTI-HEPATITE B
Profilaxia pós-exposição, em pessoas que não receberam previamente vacinação, que tenham o regime de vacinação incompleto ou quando o nível de anticorpos estiver inadequado (ex: <10U. I./L). A imunização passiva de pessoas que apresentam risco elevado de exposição deve ser feita em combinação com a vacinação para Hepatite B.
Também é utilizada nos seguintes casos:
a) Exposição acidental (perfurações na pele, contaminação por abrasivos, jatos no olho ou boca, picadas ou arranhões) a sangue ou outro material contaminado contendo HBsAg. Exclui-se a contaminação da pele íntegra, a menos que exista grande contaminação de uma área extensa;
b) Contatos sexuais com pacientes portadores de Hepatite B aguda;
c) Pessoas não-imunizadas e pacientes de unidades de diálise para proteção temporária, quando um paciente na unidade for submetido a teste e o resultado deste for positivo para HBsAg, e para pacientes em hemodiálise e recipientes de certos derivados do sangue incapazes de desenvolver proteção adequada;
d) Recém-nascidos de mães portadoras de “alto risco” para HBsAg, especialmente se o HBsAg for detectável ou se o anti-HBs não for detectável na mãe;
e) Recém-nascidos de mães com hepatite B aguda no último trimestre de gestação.

IMUNOGLOBULINA HUMANA ANTITETÂNICA
A imunoglobulina antitetânica é usada para fornecer a imunização passiva contra a infecção causada pelo Clostridium tetani.

IMUNOGLOBULINA HUMANA ANTI VARICELA ZOSTER
Indicada para os seguintes casos:
a) Contatos na leucemia e em outros estados imunossupressivos com o vírus da catapora ou zoster, quando não há histórico confirmado de catapora;
b) Contatos com o vírus da catapora ou zoster com doença debilitante grave, quando não há histórico confirmado de catapora;
c) Neonatos cujas mães desenvolvem catapora (não zoster), de 7 dias antes até um mês depois do parto;
d) Neonatos em contato com o vírus da catapora ou zoster cujas mães não tenham histórico de catapora ou que não tenham nenhum anticorpo.

IMUNOGLOBULINA HUMANA ANTIRÁBICA
Indicada para os seguintes casos:
a) prevenção da infecção perinatal pelo vírus da hepatite B;
b) vítimas de acidentes com material biológico positivo ou fortemente suspeito de infecção por VHB;
c) comunicantes sexuais de casos agudos de hepatite B;
d) vítimas de abuso sexual;
e) imunodeprimido após exposição de risco, mesmo que previamente vacinados.

VACINA FEBRE AMARELA (atenuada) 5 e 10 doses
A vacina é indicada para imunização ativa contra a febre amarela.

VACINA DE ROTAVÍRUS HUMANO VIVO ATENUADO
A vacina de Rotavírus Humano Vivo Atenuado é indicada para a prevenção de gastroenterites causadas por rotavírus, sorotipos G1 e não G-1(como G2, G3, G4, G9).

VACINA CONTRA RAIVA EM CULTURA CELULAR/VERO
Prevenção à raiva. A imunização pré-exposição é particularmente recomendada para pessoas expostas a um risco de contaminação, tais como:
a) Grupo de profissionais: veterinários e assistentes (incluindo estudantes de veterinária), pessoal de laboratório que manipula o vírus da raiva, pessoal de abatedouro e taxidermistas;
b) Nas áreas de enzootia rábica: fazendeiros, guarda-caças, caçadores, trabalhadores de área florestal e crianças expostas ao risco da raiva.

VACINA BCG LIOFILIZADA INTRADÉRMICA
A vacina BCG é indicada na profilaxia da tuberculose.

VACINA CONTRA HEPATITE B
A vacina Recombinante Contra Hepatite B é indicada para imunização ativa contra infecção por vírus da Hepatite B. A vacina não irá proteger contra infecção causada por vírus das Hepatites A, C e E. Como a Hepatite D (causada pelo agente delta-vírus) não ocorre na ausência da infecção por vírus da Hepatite B, é esperado que a Hepatite D seja evitada pela vacinação com este produto. A vacina é recomendada para vacinação em massa, especialmente para recém-nascidos e grupos de risco. O produto pode ser administrado em indivíduos de qualquer idade, nas dosagens recomendadas, seguindo esquema completo ou como dose de reforço. A vacinação deve evitar não só a infecção pelo vírus, como também complicações crônicas decorrentes, como cirrose e carcinoma hepatocelular primário.

VACINA TRÍPLICE VIRAL
A Vacina Tríplice Viral é indicada para a imunização ativa contra rubéola, sarampo, caxumba. A sua aplicação é feita a partir dos 12 meses de idade.

VACINA PNEUMOCOCICA POLIVALENTE
Prevenção de infecções pneumocócicas, particularmente do tipo respiratório, em pessoas acima de dois anos de idade que apresentam maior risco. Indicadoapara pessoas com anemia falciforme, asplênicas ou esplenectomizadas ou ainda aquelas que aguardam esplenectomia.

VACINA DUPLA ADULTA
Imunização ativa contra a difteria e o tétano em indivíduos a partir dos sete anos de idade. Indicada para crianças em idade escolar e adultos que possam ter estado em contato natural com o bacilo diftérico. Em alguns casos pode ocorrer sensibilização a determinadas frações imunogênicas do bacilo, o que não leva necessariamente à imunidade protetora contra a difteria. Por outro lado, a presença desses anticorpos secundários pode ocasionar reações de caráter alérgico, de graus variáveis de intensidade no individuo sensibilizado, ao receber doses relativamente elevadas da fração diftérica (toxóide).
Anticorpos específicos são observados 15 a 20 dias após a 3º dose da imunização básica. A adsorção dos antígenos pelo hidróxido de alumínio (adjuvante) potencializa as suas ações imunogênicas, mesmo quando aplicados em volumes relativamente reduzidos.

VACINA CONTRA MENINGITE A e C
A vacina é indicada para imunização ativa de adultos e crianças a partir de dois anos. A vacina é recomendada para controle de surtos de doenças meningocócicas através de vacinações em larga escala da população sobre risco.

VACINA PNEUMOCÓCICA 10-VALENTE (CONJUGADA)
Imunização ativa de bebês e crianças de 6 semanas a 23 meses de idade, contra doenças invasivas e otite média aguda causada por Streptococcus pneumoniae sorotipos 1, 4, 5,6B, 7F, 9 v, 14,18C, 19F e 23F.

VACINA TRIPLICE (DTP)
Imunização ativa contra a difteria, o tétano e a coqueluche em crianças com dois meses a seis anos e 11 meses de idade. Anticorpos específicos são observados 15 a 20 dias após a 3ª dose da imunização básica. A adsorção dos antígenos pelo hidróxido de alumínio (adjuvante) potencializa as suas ações imunogênicas mesmo quando são aplicados volumes relativamente reduzidos.

VACINA CONTRA INFLUENZA
Prevenção da gripe a partir dos seis anos de idade. A vacinação é recomendada principalmente para:
a) Pessoas com idade igual ou superior a 50 anos;
b) Moradores de casas de repouso e outras instituições que abriguem portadores de patologias crônicas;
c) Adultos e crianças com alterações crônicas dos sistemas cardiovasculares ou pulmonar, incluindo asma;
d) Adultos e crianças que tenham necessitado de seguimento médico regular ou hospitalização durante o ano precedente devido a doenças metabólicas crônicas (incluindo diabetes), disfunção renal, hemoglobinopatias ou imunossupressão (incluindo aquelas causadas por medicação);
e) Crianças e adolescentes dos seis meses aos 18 anos que estejam recebendo terapia prolongada com aspirina e, portanto, estejam sob risco de desenvolver Síndrome de Reye após um quadro gripal;
f) Gestantes a partir do segundo trimestre de gestação.

VACINA CONTRA INFLUENZA A/H1N1
A vacina Influenza A/HINI (fragmentada e inativada) é indicada na prevenção da infecção pelo vírus influenza A pandêmico H1N1 em situação oficialmente declarada como pandêmica. A vacina contra influenza pandêmica deve ser usada de acordo com as recomendações oficiais.

VACINA CONTRA HAEMOPHILUS INFLUENZA TIPO B
A vacina DTP e Hib é indicada para imunização ativa de crianças a partir de dois meses de idade contra difteria, tétano e coqueluche, e doenças causadas pela bactéria Haemophilus influenzae b.

VACINA ORAL CONTRA POLIOMIELITE
A Poliomielite é indicada para imunização ativa de lactentes, crianças e adultos suscetíveis contra a infecção causada pelo poliovírus dos tipos 1, 2 e 3.

VACINA CONTRA HEPATITE A
Imunização primária contra a infecção causada pelo vírus da hepatite A. Recomenda-se a vacinação de crianças a partir de dois anos de idade, adolescentes e adultos que corram risco de contrair ou disseminar a doença.

VACINA PÓLIO INATIVA
Esta vacina está indicada para a prevenção da poliomielite em recém-nascidos, crianças e adultos, para a vacinação primária e como um impulsionador.

VACINA PNEUMOCÓCICA 23
Prevenção de infecções pneumocócicas, particularmente do tipo respiratório, em pessoas acima de dois anos de idade que apresentam maior risco. Também indicada para pessoas com anemia falciforme, asplênicas ou esplenectomizadas ou ainda aquelas que aguardam esplenectomia.

VACINA QUADRIVALENTE CONTRA PAPILOMAVÍRUS HUMANO  – HPV
A vacina quadrivalente recombinante contra papilomavírus humano (tipos 6, 11, 16 e 18) é recomendada para meninas e mulheres com 9 a 26 anos de idade.
A vacina é indicada para proteger contras as seguintes doenças: câncer de colo do útero (câncer da parte inferior do útero), lesões do colo do útero anormais e pré-cancerosas (alterações nas células do colo do útero que tem risco de se tornarem câncer) detectadas no exame Papanicolau, verrugas genitais, câncer da vagina e da vulva (referente a parte externa da genitália) e infecções por HPV.
«« Voltar

Rua México, 128 - Castelo Rio de Janeiro - RJ, 20031-142

Exibir mapa ampliado